STF permite averbação e proíbe a indisponibilidade de bens pela Fazenda

 


O Supremo Tribunal Federal (STF) declarou inconstitucional o trecho da Lei 13.606/2018, que autoriza a determinação de indisponibilidade de bens sem decisão judicial ou direito ao contraditório. Com o resultado da apreciação dos ministros, ocorrida nesta quarta-feira (10), a Fazenda Pública permanece com o direito de averbar, mas impossibilitada de declarar indisponibilidade. 


 


Seis ações questionaram a constitucionalidade do artigo 25 da Lei 13.606/2018, que inseriu na Lei do Cadin (Lei 10.522/02) o artigo 20-B. Nele, é previsto que a Fazenda poderá, em caso de não pagamento do crédito inscrito em dívida ativa, "averbar, inclusive por meio eletrônico, a certidão de dívida ativa nos órgãos de registro de bens e direitos sujeitos a arresto ou penhora, tornando-os indisponíveis".   


 


O relator, ministro Marco Aurélio, votou para determinar a inconstitucionalidade dos dispositivos. Para ele, a lei promoveu um desvirtuamento do sistema de cobrança da dívida ativa da União e está "em desarmonia com as balizas constitucionais no sentido de obstar ao máximo o exercício da autotutela pelo Estado".


 


Luís Roberto Barroso inaugurou a linha de entendimento de que a averbação é legítima e prevista em lei, mas a indisponibilidade não pode ser automática e exige reserva de jurisdição. "A intervenção drástica sobre o direito de propriedade exige a atuação do poder Judiciário."

Votaram da mesma forma os ministros Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Luiz Fux. Gilmar também validou a averbação e apontou que a indisponibilidade de bens poderá ser eventualmente alcançável, mas precisa contar com a atuação do Judiciário. Ele votou pela inconstitucionalidade somente do trecho "tornando-os indisponíveis" da lei.


 


Abrindo divergência, o ministro Dias Toffoli entendeu que o dispositivo não ofende a cláusula de reserva de jurisdição, ao contraditório e à ampla defesa. Ele votou pela constitucionalidade da indisponibilidade de bens pela Fazenda. Também compuseram essa corrente as ministras Rosa Weber e Cármen Lúcia.

Comentários

Nome

C1,3,calote,1,cultura,5,esportes,35,eventos,3,EXCLUSIVO,54,Famosos,7,MUNICÍPIOS BAIANO,26,notícias,67,policial,45,política,59,Portal Bahia,33,saúde,45,TV Nordeste,1,
ltr
item
Bahia Notícias / Esporte / Saúde / Cultura / Municípios / Bahia Notícias / Holofote: STF permite averbação e proíbe a indisponibilidade de bens pela Fazenda
STF permite averbação e proíbe a indisponibilidade de bens pela Fazenda
https://1.bp.blogspot.com/-zPSqLcfrobA/X9K2rjnhB6I/AAAAAAAAGdg/4eBR_sPlcLkMOE2tTD-T1wbUDmmZ0PS1ACLcBGAsYHQ/s320/IMAGEM_NOTICIA_5%2B%25285%2529.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-zPSqLcfrobA/X9K2rjnhB6I/AAAAAAAAGdg/4eBR_sPlcLkMOE2tTD-T1wbUDmmZ0PS1ACLcBGAsYHQ/s72-c/IMAGEM_NOTICIA_5%2B%25285%2529.jpg
Bahia Notícias / Esporte / Saúde / Cultura / Municípios / Bahia Notícias / Holofote
https://www.portalbahianoticias.com.br/2020/12/stf-permite-averbacao-e-proibe.html
https://www.portalbahianoticias.com.br/
https://www.portalbahianoticias.com.br/
https://www.portalbahianoticias.com.br/2020/12/stf-permite-averbacao-e-proibe.html
true
6394631663971599416
UTF-8
Carregar todas as matérias Nenhum resultado encontrado. Ver mais Leia mais Responder Cancelar resposta Apagar Por Início Páginas Matérias Ver todas Veja também Tópico Arquivo Buscar Todas as matérias Nenhum resultado encontrado para sua busca Voltar ao início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo Há 1 minuto Há $$1$$ minutos Há 1 hora Há $$1$$ horas Ontem Há $$1$$ dias Há $$1$$ semanas Há mais de 5 semanas Seguidores Siga ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe em uma rede social PASSO 2: Clique no link da sua rede social Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar