Vacina pouca, me imunize primeiro: uma ode à aristocracia

 


Semana passada tomou parte do noticiário o pedido de um grupo de promotores do Ministério Público de São Paulo (MP-SP) para que eles tivessem prioridade na fila para ter acesso à vacina contra o novo coronavírus. Em condições normais, isso deveria ser encarado como galhofa. No meio de uma crise sanitária sem precedente nos últimos 100 anos, o escárnio toma outras proporções e mostra que a sociedade brasileira é organizada por castas, mesmo que exista a pretensão legal de que todos são iguais, com direitos e deveres iguais.


 


Para esses seletos promotores, os direitos deles merecem passar à frente de outros grupos de risco, delimitados por autoridades sanitárias em todo o mundo: idosos, pessoas com comorbidades e profissionais de saúde, que estão na linha de frente do combate à pandemia. Porém, por obra divina, esses promotores paulistas devem ter prioridade para receber a imunização, afinal, são pessoas melhores do que todos os demais brasileiros, que devem aguardar pacientemente pela sua vez de receber a vacina.


 


Queria eu que esse caso fosse isolado. Não vão faltar castas superiores que vão se arvorar ao direito de receber primeiro o imunizante. Isso faz parte da sociedade brasileira. Há sempre um jeitinho de buscar privilégios, de conseguir passar a frente de outra pessoa. Os promotores em questão não serão os únicos a fazer o pedido. Talvez tenham sido os mais corajosos em fazer isso em público, sem recorrer a subterfúgios muito comuns no cotidiano nacional, aquele velho hábito do fulano que conhece beltrano que vai conseguir com ciclano.


 


Precisamos encarar a realidade: será rotina meio mundo de gente tentando passar na frente na fila pela imunização contra a Covid-19. Por isso é acertada a proposta do governo federal de impedir a venda no setor privado do imunizante. Caso houvesse a liberação, apenas a elite econômica do país teria acesso à vacina, enquanto o histórico sucateamento do sistema público será responsável por aplicar o medicamento nas classes menos abastadas - afinal, no Brasil, a classe média acredita ser rica, então isso acaba abrangendo um pouco mais o escopo da crítica.


 


É necessária muita cautela para que a corrida pela vacina não se torne mais um episódio em que a desigualdade entre os brasileiros fala mais alto do que os direitos da população. A lógica do “farinha pouca, meu pirão primeiro” não deveria valer para escolher quem vive. Estaremos dispostos a abrir mão desse luta de classes para vencer a Covid-19?

Comentários

Nome

C1,3,calote,1,cultura,5,esportes,35,eventos,3,EXCLUSIVO,54,Famosos,7,MUNICÍPIOS BAIANO,26,notícias,67,policial,45,política,59,Portal Bahia,33,saúde,45,TV Nordeste,1,
ltr
item
Bahia Notícias / Esporte / Saúde / Cultura / Municípios / Bahia Notícias / Holofote: Vacina pouca, me imunize primeiro: uma ode à aristocracia
Vacina pouca, me imunize primeiro: uma ode à aristocracia
https://1.bp.blogspot.com/-jY7BX-8EG98/X84YsAI8ykI/AAAAAAAAGNs/pebrOkkmWJAQ4ALeiUZmvzIVahVmqA1UwCLcBGAsYHQ/s320/phpThumb_generated_thumbnail.jpeg
https://1.bp.blogspot.com/-jY7BX-8EG98/X84YsAI8ykI/AAAAAAAAGNs/pebrOkkmWJAQ4ALeiUZmvzIVahVmqA1UwCLcBGAsYHQ/s72-c/phpThumb_generated_thumbnail.jpeg
Bahia Notícias / Esporte / Saúde / Cultura / Municípios / Bahia Notícias / Holofote
https://www.portalbahianoticias.com.br/2020/12/vacina-pouca-me-imunize-primeiro-uma.html
https://www.portalbahianoticias.com.br/
https://www.portalbahianoticias.com.br/
https://www.portalbahianoticias.com.br/2020/12/vacina-pouca-me-imunize-primeiro-uma.html
true
6394631663971599416
UTF-8
Carregar todas as matérias Nenhum resultado encontrado. Ver mais Leia mais Responder Cancelar resposta Apagar Por Início Páginas Matérias Ver todas Veja também Tópico Arquivo Buscar Todas as matérias Nenhum resultado encontrado para sua busca Voltar ao início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo Há 1 minuto Há $$1$$ minutos Há 1 hora Há $$1$$ horas Ontem Há $$1$$ dias Há $$1$$ semanas Há mais de 5 semanas Seguidores Siga ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe em uma rede social PASSO 2: Clique no link da sua rede social Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar